Lixo Eletrônico: Agravos a Saúde e ao Meio Ambiente

Autores

  • Ana Claudia Borlina Tanaue
  • Deivid Mendes Bezerra
  • Luana Cavalheiro
  • Lilian Cristiane Pisano

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-6938.2015v19n3p%25p

Resumo

Atualmente, a evolução tecnológica tanto no Brasil como no Mundo vem crescendo de forma incessante, trazendo com ela inúmeros benefícios que facilitam o ambiente profissional e a vida pessoal. Por outro lado, essa tecnologia pode resultar em prejuízos para a saúde do homem e para o meio ambiente, principalmente quando se refere à forma de descarte dos materiais tóxicos desses produtos. Para a identificação das principais variáveis a serem discutidas sobre o descarte e destinação do lixo eletrônico, assim como os prejuízos causados à saúde humana, foi realizado um levantamento bibliográfico sobre o assunto. Foi observado que há uma escassez de dados que regula especificamente a destinação do lixo eletrônico. Quanto aos agravos à saúde, o estudo permitiu o conhecimento sobre os danos que seu descarte pode causar. Dessa forma, foram estabelecidas estratégias de como o profissional da enfermagem pode atuar diante da problemática.

Downloads

Publicado

2015-10-19

Como Citar

TANAUE, Ana Claudia Borlina; BEZERRA, Deivid Mendes; CAVALHEIRO, Luana; PISANO, Lilian Cristiane. Lixo Eletrônico: Agravos a Saúde e ao Meio Ambiente. Ensaios e Ciência C Biológicas Agrárias e da Saúde, [S. l.], v. 19, n. 3, 2015. DOI: 10.17921/1415-6938.2015v19n3p%p. Disponível em: https://ensaioseciencia.pgsscogna.com.br/ensaioeciencia/article/view/3193. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos