Caracterização Clínica e Genética de Pacientes com Suspeita da Síndrome de Williams-Beuren (SWB) no Brasil

Autores

  • Fernanda Ramos Barbosa de Oliveira Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. GO, Brasil.
  • Bruno Faulin Gamba Universidade Federal de Goiás, Instituto de Ciências Biológicas. GO, Brasil.
  • Deise Helena de Souza Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências. SP, Brasil.
  • Priscila Medeiros Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências. SP, Brasil.
  • Roberta Machado Frota de Oliveira Curado Universidade Federal de Goiás, Instituto de Ciências Biológicas. GO, Brasil.
  • Nádia Aparecido Bérgamo Universidade Federal de Goiás, Instituto de Ciências Biológicas. GO, Brasil.
  • Danilo Moretti-Ferreira Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências. SP, Brasil.
  • Lucilene Arilho Ribeiro Bicudo Universidade Federal de Goiás, Instituto de Ciências Biológicas. GO, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-6938.2022v26n1p02-09

Resumo

A síndrome de Williams-Beuren (WBS) resulta de uma deleção hemizigótica de aproximadamente 1,5 Mb a 1,8 Mb na região do cromossomo 7 (7q11.23) e leva a um raro perfil genético multissistêmico. Faces típicas, cardiopatias congênitas, distúrbios do tecido conjuntivo aliados aos déficits de aprendizado e crescimento, personalidade diferenciada e perfil cognitivo que compõem o conjunto de sinais clínicos, que caracterizam a SWB. A etiologia genética compreende uma região de 28 genes de cópia única, ligados a duas regiões repetitivas (LCR - Low Copy Repeats). O teste citogenético molecular (hibridização fluorescente in situ  - FISH) é usado como o padrão ouro para confirmar a exclusão de uma cópia do gene da elastina. O presente estudo teve como objetivo avaliar a prevalência de sinais clínicos de 207 indivíduos com SWB de cinco Estados do Brasil, os quais foram confirmados pela metodologia do teste de FISH, a fim de estabelecer a frequência das características clínicas do SWB e observar possíveis divergências clínicas entre esses. Também se comparam as frequências das características clínicas mais comuns observadas neste grupo com as características clínicas de pacientes brasileiros com SWB relatadas na literatura. Embora se tenham observado algumas diferenças nas frequências das características clínicas do SWB nos diferentes Estados brasileiros, nenhuma delas foi altamente significativa. Portanto, não há evidências de que existam diferenças morfológicas ou funcionais regionais, que possam se refletir no fenótipo de SWB entre os pacientes brasileiros.

 

Palavras-chave: Síndrome de Williams-Beuren. Cromossomo 7. FISH. Microdeleção.

 

Abstract

Williams-Beuren syndrome (WBS) results from a hemizygous deletion of approximately 1.5Mb to 1.8Mb in the region of chromosome 7 (7q11.23) and leads to a rare multisystem genetic profile. Typical faces, congenital heart disease, connective tissue disorders combined with learning and growth deficits, differentiated personality and cognitive profile make the set of clinical signs that characterize WBS. Genetic etiology comprises a region of 28 single copy genes, linked to two repetitive regions (LCR – Low Copy Repeats). Molecular cytogenetic testing (fluorescent in situ hybridization or FISH) is used as the gold standard to confirm deletion of an  elastin gene copy. The present study aimed to assess the prevalence of clinical signs of 207  WBS  individuals  from five states of Brazil, which were confirmed by the FISH test,  in order to establish the frequency of clinical characteristics of SWB and observe possible clinical divergences between them.It was also compared the frequencies of the most common clinical characteristics observed in the  group in this study with the clinical characteristics of Brazilian patients with SWB reported in the literature.Although some differences were observed in the frequencies of clinical features of SWB in different Brazilian states, none of them was highly significant. Therefore, there is no evidence that there are regional morphological or functional differences that can be reflected in the SWB phenotype among Brazilian patients.

 

Keywords: Williams-Beuren Syndrome. C­­hromosome 7. FISH; Microdelection.

Downloads

Publicado

2022-03-30

Edição

Seção

Artigos