Câncer de Tireoide: Análises de Registros Informados por um Hospital no Município de Dourados – MS

Autores

  • Eduardo Vinicius Grego Uemura Universidade Federal da Grande Dourados, Faculdade de Ciências da Saúde. MS, Brasil.
  • Heloisa Geminiano Universidade Federal da Grande Dourados, Faculdade de Ciências da Saúde. MS, Brasil.
  • Larissa Martins de Oliveira Universidade Federal da Grande Dourados, Faculdade de Ciências da Saúde. MS, Brasil.
  • Rafael Simionato Susin Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados. MS, Brasil.
  • Silvia Cristina Figueira Olinto Universidade Federal da Grande Dourados, Faculdade de Ciências da Saúde. MS, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-6938.2022v26n1p141-148

Resumo

O carcinoma de tireoide, neoplasia maligna mais comum do sistema endócrino, tem aumentado nos últimos anos, em função de fatores de risco e a maior precisão diagnóstica. Sabendo que os registros hospitalares de câncer (RHCs) possuem informações que revelam a situação da assistência oncológica, o presente estudo pode ser considerado relevante na estruturação de planos locais. O objetivo deste trabalho foi conhecer as informações disponíveis no Módulo Integrador dos Registros Hospitalares de Câncer (Integrador RHC) e analisar variáveis oriundas de registros de um hospital, em Dourados-MS, entre 2002 e 2015, acerca de pacientes com câncer de tireoide. Trata-se de um estudo descritivo de dados secundários fornecidos pelo Integrador RHC. Esta investigação encontrou 200 casos de pacientes com câncer de tireoide. Verificou-se um aumento no número de registros entre 2013 e 2014, com 40 (20%) e 46 (23%) indivíduos, respectivamente, sendo a maioria dos registros do sexo feminino (86,5%). A faixa etária mais frequente, considerando ambos os sexos, foi a de 40 e 54 anos com 30 casos (15%). Os tipos histológicos mais encontrados foram: papilífero (69,5%) e folicular (4,5%). A maioria dos registros foi de pacientes oriundos de Dourados (105 indivíduos), incluindo registros de 25 cidades vizinhas. O sexo feminino representou a maioria de pacientes acometidos pela doença com faixa etária, em ambos os sexos, entre 50 e 54 anos. Evidenciou-se, ainda, a relevância de Dourados enquanto centro oncológico, assim como a importância do Integrador RHC, enquanto plataforma que possibilita verificação de dados a respeito do câncer de tireoide.  

 

Palavras-chave: Câncer de Tireoide. Registros Hospitalares. Sistemas de Informação em Saúde.

 

Abstract 

Thyroid carcinoma, the most common malignant neoplasm of the endocrine system, has increased in the last years due to the action of risk factors and greater diagnostic accuracy. Knowing that hospital cancer records (RHCs) have information that reveals the status of cancer care, this study can be considered relevant in structuring local plans. This study aimed to know the information available at Cancer Hospital Records Integrator Module (RHC Integrator) and to analyze variables of records of a hospital, in Dourados-MS, between 2002 and 2015, about thyroid cancer patients. This is a descriptive study of secondary data provided by the RHC Integrator. This investigation found 200 cases of patients with thyroid cancer. There was an increase in the number of records between 2013 and 2014, with 40 (20%) and 46 (23%), respectively, and most of the records consisted of female (86.5%). The most frequent age group, considering both sexes, was 40 and 54 years old with 30 cases (15%). The most common histological types were: papillary (69.5%) and follicular (4.5%). Most of the records were of patients from Dourados (105 individuals), including records from 25 neighboring cities. The female sex represents the majority of patients affected by the disease with age group in both sexes between 50 and 54 years. There was also a Dourados company as an oncologic center, as well as the importance of the RHC Integrator as a platform that enables the data verification on thyroid cancer.

 

Keywords: Thyroid Cancer. Hospital Records. Health Information Systems.

Downloads

Publicado

2022-03-30

Edição

Seção

Artigos