Associations between Health Risk Indicators and Heart Rate Variability in Adolescents: a Cross-Sectional Study

Autores

  • Juliano Casonatto Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Exercício Físico na Promoção da Saúde. PR. Brasil.
  • Raphael Gustavo Testa Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Exercício Físico na Promoção da Saúde. PR. Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-6938.2022v26n2p205-211

Resumo

Vários estudos têm mostrado relações entre diferentes fatores de risco à saúde (como hipertensão, obesidade, adiposidade de tronco e baixa atividade física) e adaptações na resposta autonômica. Contudo, o maior corpo de conhecimento está estabelecido para adultos. Assim, o objetivo do presente estudo foi analisar as possíveis associações entre indicadores de risco à saúde e a variabilidade da frequência cardíaca em adolescentes. A amostra foi composta por adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 12 e 17 anos, regularmente matriculados em escolas públicas de ensino fundamental. A coleta de dados iniciou-se com questionário de prática de atividade física, seguido de medidas antropométricas (estatura, massa corporal e circunferência da cintura). Em seguida, a variabilidade da frequência cardíaca foi avaliada. Em seguida, os adolescentes foram cuidadosamente posicionados na posição sentada para a aferição da pressão arterial. O teste qui-quadrado foi utilizado para avaliar as associações entre a pressão arterial (variável dependente) e outras variáveis. Aquelas que se associaram significativamente foram submetidas à regressão de Poisson para identificação da magnitude da associação. Adolescentes obesos demonstraram 76% mais propensão a elevados valores de razão LF/HF (RP=1,76 [IC95% 1,02-2,75] P<0,001). Adolescentes com obesidade abdominal apresentaram 4,32 vezes mais prevalência de LF elevado (RP=4,32 [IC95% 1,07-8,17] P=0,046) e adolescentes com pressão arterial elevada tiveram 60% mais prevalência de LF elevado (RP=1,60 [IC95% 1,13-2,29] P=0,008). A variabilidade da frequência cardíaca não foi associada à prática habitual de atividade física. Adolescentes com hipertensão, obesidade e adiposidade abdominal apresentam maior prevalência de atividade autonômica exacerbada. A prática de atividade física não está associada à variabilidade da frequência cardíaca em adolescentes.

 

Palavras-chave: Sistema Nervoso Autonômico. Pressão Arterial. Fatores de Risco Cardiometabólico. Exercício.

 

Abstract

Several studies have shown relationships between different health risk factors, such as hypertension, obesity, trunk adiposity and low physical activity and adaptations in the autonomic response, however, the largest body of knowledge is established for adults. Thus, the aim of the present study was to analyze the possible associations between health risk indicators and heart rate variability in adolescents. The sample was composed of adolescents of both sexes,  ages ranging from 12 to 17 year-old , regularly registered in public elementary schools. Data collection began with physical activity practice questionnaire, followed by anthropometric measures (height, body mass, and waist circumference). Next, heart rate variability was assessed. Then, the adolescents were carefully positioned in the sitting position for blood pressure measurement. The chi-square test was used to assess associations between blood pressure (dependent variable) and other variables. Those that were significantly associated were submitted to Poisson regression to identify the  association magnitude. Obese adolescents were 76% more likely to have high LF/HF ratio values (PR=1.76 [IC95% 1.02-2.75] P<0.001). Abdominal obesity adolescents presented 4.32 times more prevalence of high LF (PR=4.32 [IC95% 1.07-8.17] P=0.046) and adolescents with elevated blood pressure had 60% more prevalence of high LF (PR=1.60 [IC95% 1.13-2.29] P=0.008). The heart rate variability was not associated with physical activity practice. Adolescents with high blood pressure, obesity and truncal adiposity have a higher prevalence of exacerbated autonomic activity. The physical activity practice is not associated with heart rate variability in adolescents.

 

Keywords: Autonomic Nervous System. Blood Pressure. Cardiometabolic Risk Factors. Exercise.

 

 

Publicado

2022-06-23

Edição

Seção

Artigos