Analysis of the Hygienic and Sanitary Conditions in the Fish Market of Capanema-PA

Autores

  • Suania Maria do Nascimento Sousa Universidade Federal do Pará, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biotecnologia. PA, Brasil.
  • Allex Sandro Moreira de Alencar Nery Universidade Federal Rural da Amazônia, curso de Engenharia Ambiental e Energias Renováveis. PA, Brasil.
  • Tiago Sousa de Farias Universidade Federal Rural da Amazônia, curso de Biologia. PA, Brasil.
  • Thifanny de Cássia de Sousa Farias Universidade Federal Rural da Amazônia, Curso de Biologia. PA, Brasil.
  • Karla Rosane Moretto de Oliveira Universidade Federal do Pará, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biotecnologia. PA, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-6938.2022v26n2p247-251

Resumo

Os pescados são uma excelente fonte proteica e podem ser comercializados em vários espaços, inclusive feiras livres e mercados públicos, porém, é um produto muito suscetível a contaminação, o que pode acelerar o seu processo de deterioração, além de provocar doenças aos consumidores, trazendo prejuízos não apenas relacionados a saúde, como também econômicos. Baseando-se nisto, objetivou-se avaliar as condições higiênico-sanitárias dos pescados comercializados no mercado municipal de peixes de Capanema-PA. A avaliação ocorreu utilizando-se um checklist baseados na resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. De acordo com o percentual de atendimento aos quesitos, os boxes foram classificados como bom (75 a 100% de atendimento), regular (50 a 74,9%) ou ruim (0 a 49,9%). Foi apresentado aos responsáveis, um termo de consentimento livre e esclarecido, visando o esclarecimento dos objetivos e importância da pesquisa, bem como a autorização dos comerciantes. O local de estudo conta com 16 boxes ativos, dos quais, sete proprietários autorizaram a avaliação de seus estabelecimentos. De modo geral, os boxes obtiveram entre 54,2% a 70,8% de conformidade com a legislação vigente, e todos foram considerados regulares, mostrando ainda um distanciamento ao referencial aceitável, que é acima de 75% de conformidade aos aspectos higiênico-sanitários. Através dos resultados aqui levantados, foi possível detectar irregularidades nas condições higiênico-sanitárias da comercialização de peixes em Capanema-PA, o que pode comprometer a qualidade do pescado e, consequentemente, oferecer riscos à economia local e saúde dos consumidores.

 

Palavras-chave: Pescado. Higiene Alimentar. Comercialização.

 

Abstract

Fish is an excellent source of protein and can be marketed in spaces, including open fairs and public markets, however, it is a product very susceptible to contamination, which can accelerate its deterioration process, besides causing diseases to consumers, bringing losses not only related to health, but also economic. Based on this, the objective was to evaluate the hygienic-sanitary conditions of the fish commercialized in the municipal fish market of Capanema-PA. The evaluation was done using a checklist based on the resolution RDC nº 216, from September 15th 2004 of the National Health Surveillance Agency. According to the percentage of attendance to the questions, the boxes were classified as good (75 to 100% attendance), regular (50 to 74.9%) or bad (0 to 49.9%). An informed consent form was presented to those responsible, aiming at clarifying the objectives and importance of the research, as well as the shopkeepers’ authorization. The study site has 16 active boxes, of which seven owners authorized the evaluation of their establishments. In general, the boxes obtained between 54.2% and 70.8% of compliance with the legislation in force, and all of them were considered regular, still showing a distance to the acceptable benchmark, which is above 75% of compliance to hygiene and sanitation aspects. Through the results surveyed here, it was possible to detect irregularities in the hygienic-sanitary conditions of fish sales in Capanema-PA, which can compromise the quality of the fish and, consequently, offer risks to the local economy and consumer health.

 

Keywords: Fish. Food Hygiene. Commercialization.

Publicado

2022-06-23

Edição

Seção

Artigos